7º Prêmio em Relações Públicas

O Conselho Regional de Profissionais de Relações Públicas da 1a Região – Estado do Rio de Janeiro – CONRERP/RJ, institui o Prêmio Idéias em Relações Públicas, cuja iniciativa visa homenagear anualmente os melhores trabalhos e desempenhos profissionais no âmbito das Relações Públicas e/ou das empresas, desenvolvidos no território nacional e no exterior, diante do interesse público.

Nas categorias Projetos-Programas as participações ocorrerão através das inscrições dos "cases". Nas individuais, porém, a escolha será por indicação pessoal e justificada nesta ficha-cédula(abaixo). Neste caso, a preferência cobre todos os profissionais brasileiros, sem impedimento de caráter legal.

É importante que a justificativa de voto permita ao corpo de jurados uma precisa avaliação do fator que fez do(a) colega seu(sua) candidato(a).

Seu voto deve ser remetido ao Conselho Regional de Profissionais de Relações Públicas da 1a Região RJ, até o dia 18 de setembro de l999,impreterivelmente.(A ficha de votação está no fim do regulamento).

PRÊMIO IDÉIAS EM RELAÇÕES PÚBLICAS

REGULAMENTO

Título I – da Instituição

Art. 1º - O Conselho Regional de Profissionais de Relações Públicas da 1a Região – CONRERP/RJ – institui o Prêmio Idéias em Relações Públicas cuja iniciativa visa homenagear anualmente os melhores trabalhos e desempenhos profissionais no âmbito das Relações Públicas e/ou das organizações públicas ou privadas, desenvolvidos no território nacional, diante do interesse público.

Parágrafo único – A premiação pode ser estendida ao âmbito internacional, desde que alguma realização na área das Relações Públicas fora do território brasileiro merecer reconhecimento de mérito resguardando o interesse público.

Art. 2º - O Conselho Regional de Profissionais de Relações Públicas da 1a Região promoverá individualmente sua realização ou associação com outras organizações, em caráter institucional.

Título II – Da inscrição

Art. 3º – As inscrições são facultativas a todos os profissionais de Relações Públicas inscritos em um dos CONRERP’s , resguardadas o cumprimento legal de suas obrigações sociais e não havendo qualquer outro tipo de impedimento legal.

Parágrafo Primeiro - São facultadas inscrições de empresas, agências, assessorias externas e órgãos governamentais, que mantenham estruturas de Comunicação Social e/ou de Relações Públicas, em conformidade com a legislação regulamentar e cujos responsáveis técnicos sejam registrados em um dos Conselho Regionais de Profissionais de Relações Públicas da jurisdição.

Parágrafo Segundo - Os trabalhos no âmbito internacional observarão as exigências regulamentares do Pais objeto da realização profissional.

Parágrafo Terceiro – Se estudante, o responsável pelo trabalho concorrente na categoria Projeto Universitário deverá estar cursando a habilitação de Relações Públicas e ter inscrição no CONRERP de sua jurisdição de estagiário.

Art. 4º – Por cada trabalho inscrito será cobrado uma taxa de US$ 50,00(cinqüenta dolares, por trabalhos internacionais).

Art. 5º – As inscrições deverão ser processadas pelo responsável técnico diretamente no CONRERP/RJ, entre 12 horas e l7 horas, de segunda-feira a sexta-feira, através de formulário próprio, anexando oito vias do material a ser submetido a julgamento.

Parágrafo Único - As inscrições de outros estados da Federação, bem como as internacionais, poderão ser encaminhadas ao CONRERP/RJ via Sedex, observados os prazos limites de inscrição.

Art. 6º – Recomenda-se às consultorias, agências e assessorias externas que queiram inscrever "case histories" de seus clientes consultá-los previamente.

Art. 7º – O profissional de Relações Públicas, as empresas, as organizações, as consultorias, as agências, as assessorias externas poderão inscrever mais de um "case histories", desde que não exceda três.

Titulo III – dos Trabalhos

Art. 8º – Cada trabalho inscrito deverá objetivamente, descrever uma ação prática de Relações Públicas, na seguinte seqüência: A) cenário sobre a qual a realização foi concebida; B) objetivos pretendidos; C) estratégias adotadas; D) operações desenvolvidas; e E) resultados atingidos.

Parágrafo Único – Nenhum trabalho inscrito no Prêmio Idéias poderá ser detentor de premiação anterior, sob pena de desclassificação.

Art. 9º – Para melhor contribuir com o processo de avaliação e julgamento, o trabalho deverá conter o maior número de dados inclusive percentagens, de modo a permitir juízos criteriosos de valor e grau de dificuldades no seu desenvolvimento.

Art. 10º – Cada trabalho deverá compor-se de:

  • Todo material deve ser reunido em 8 (oito) pastas, individuais; e 

  • os textos devem ser digitados ou datilografados em espaço 2 (dois), estar em papel A4 ( ou ofício ) e conter um máximo de 10 (dez) páginas.

Parágrafo Único - Os materiais ilustrativos, comprobatórios ou gravados em fitas serão encaminhados na forma de anexos, bastando apresentar apenas um conjunto de cópia.

Art. 11º – A falsidade de dados apresentados nos "cases histories", implica na desclassificação do trabalho, bem como o encaminhamento de denúncia ao CONRERP de sua jurisdição, para enquadramento no Código de Ética Profissional.

Art. 12º – Todo trabalho inscrito poderá ser utilizado para fins educativos e apoio a estudos de Relações Públicas, não sendo, portanto, devolvido. Constituindo-se, assim, material de propriedade do CONRERP/RJ

Título IV – Das Datas

Art. 13º – As inscrições estarão abertas entre 1 de setembro de l999 e 20 de setembro de l999.

Art. 14º – O julgamento será realizado por júri indicado pelo CONRERP/RJ entre os dias 5 de outubro de l999 a 13 de outubro de l999.

Art. 15º – A comunicação aos vencedores ocorrerá até o dia 16 de novembro de l999.

Art. 16º – A data de entrega da premiação do Prêmio Idéias será no dia 11 de dezembro de l999, no Rio de Janeiro, em Solenidade Festiva, especialmente elaborada para a ocasião, além de Seminário.

Parágrafo Único - Caso necessário, o calendário de datas acima poderá sofrer alteração.

Título V – Das Categorias

Art. 17º – O prêmio Idéias em Relações Públicas será outorgado em 13 (treze) categorias, a saber:

CATEGORIA PROJETOS-PROGRAMAS

Ação com Públicos Internos

Ação no Campo Cultural e Esportivo

Ação no Campo Político

Imagem Corporativa

Imagem Pública Institucional

Programa de Ação Comunitária

Programa de Preservação Ambiental

Programa de Relações com Clientes

Projeto Universitário

CATEGORIA INDIVIDUAL

Empresário do Ano

Profissional do Ano

Revelação Profissional

CATEGORIA INTERNACIONAL

Relação Internacional

Parágrafo Primeiro - As inscrições nas categorias projetos-programas serão solicitadas pelos responsáveis técnicos, observando as características de sua realização. O júri também pode reenquadrar um trabalho, considerando uma melhor apropriação para as ações desenvolvidas.

Parágrafo Segundo – Os trabalhos inscritos na categoria Projeto Universitário contemplarão atividades docentes e discentes. Porém, julgadas distintamente em suas individualidades.

Parágrafo Terceiro – As indicações para as premiações nas categorias individuais ocorrerão por votação em ficha-cédula. Cabendo, entretanto, ao júri fazer as homologações.

Parágrafo Quarto – A categoria internacional é destinada a realizações de âmbito internacional desenvolvidas fora do território brasileiro.

Título VI – Do Julgamento

Art. 18º – Os trabalhos serão julgados por um júri convidado pelo CONRERP/RJ, integrado por profissionais da área e executivo de notória competência.

Parágrafo Único – O júri do Prêmio Idéias se reserva no direito de somente indicar trabalhos vencedores nas categorias, que apresentarem real mérito profissional, uma vez ser este o objeto principal de sua iniciativa.

Art. 19º – O júri mencionado no artigo anterior deste Regulamento será composto de, no mínimo 5(cinco) pessoas e 7(sete) pessoas, no máximo, predominantemente por Relações Públicas.

Art. 20º – Os nomes dos integrantes do júri somente serão revelados após a divulgação dos premiados.

Art. 21º - Os concorrentes não classificados terão seus nomes preservados de qualquer divulgação, por parte do CONRERP/RJ. Não sendo, assim, permitida sob qualquer hipótese a publicação da relação de concorrentes ao Prêmio Idéias.

Art. 22º - O júri será soberano quanto ao método do seu trabalho, considerando como critério de avaliação os itens A, B, C. D. e E do Artigo 8o deste Regulamento. E ainda: A) originalidade e estratégias adotadas; B) grau de profissionalismo; e C) eficiência dos resultados.

Parágrafo Único – Da decisão do júri não caberá recursos de qualquer natureza, excetuando-se aqueles referentes a constatação sobre autoria e co-autoria dos trabalhos.

Título VII – Dos Prêmios

Art. 23º - Os profissionais responsáveis, bem como pessoas jurídicas registradas no CONRERP de sua jurisdição, receberão diplomas e troféus honoríficos, conferindo titulação pela realização e implementação das ações de Relações Públicas.

Parágrafo Único – A diplomação na categoria internacional observará a legislação regulamentar do País onde a ação foi ou está sendo desenvolvida.

Título VIII – Da divulgação

Art. 24º - O CONRERP/RJ se reserva ao direito de publicar na integra ou parcialmente os "cases histories" premiados em qualquer veículo de comunicação social, ou por outro meio qualquer.

Título IX – Da Coordenação

Art. 25º – Cabe ao CONRERP/RJ promover a indicação ou substituição da Coordenação e dos membros do júri do Prêmio Idéias em Relações Públicas.

Título X – Das Disposições Finais

Art. 26 – O presente Regulamento poderá sofrer anualmente modificações, a critério do CONRERP/RJ.

Clique aqui para preencher a FICHA DE INSCRIÇÃO DE CASE

Clique aqui para preencher a  FICHA DE VOTAÇÃO

Clique aqui para preencher a FICHA DE REVELAÇÃO EM RELAÇÕES PÚBLICAS