PUC/SP PREPARA EXECUTIVOS EM INFORMÁTICA

 
A exigência de profissionais cada vez mais capacitados, integrados às recentes mudanças nos métodos de gestão e atualizados com os novos conceitos de estrutura organizacional, tecnológica e de negócios, gerou um boom mundial na procura por cursos como o MBA (Master in Business Administration).
Na área de informática, entretanto, as alternativas disponíveis não atendiam diretamente à maior carência de seus profissionais: a integração da administração de negócios aliada a uma atualização tecnológica. Foi para suprir essa lacuna que a Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP) criou o MBIS - Master Business Information Systems. A proposta do curso, que formou sua primeira turma em 2000, “é fornecer aos profissionais a formação exigida para o desenvolvimento, implantação e gerenciamento de novas soluções tecnológicas, capazes de ampliar a competitividade das empresas”, explica Alexandre Campos Silva, coordenador do curso.
 
PERFIL DO ALUNO
O MBIS destina-se a todos os profissionais que atuam na área de administração, marketing, informática ou correlatas e estão se preparando para assumir cargos executivos. “Nesse perfil, enquadram-se também profissionais como gerentes, assessores e diretores que já estão envolvidos nos processos decisórios de uma empresa e devem liderar o desenvolvimento de projetos que empregam conhecimento da área de Tecnologia da Informação”, completa o professor Campos Silva.
Dessa maneira, o curso é estruturado para que os alunos mantenham sua rotina profissional praticamente inalterada (as aulas são às sextas-feiras, das 16h às 22h e aos sábados, das 9h às 15h30.
 
PROGRAMA
O programa tem carga horária de 500 horas/aula.Um ano de aulas e 6 meses dedicadas à monografia (trabalho de conclusão de curso). Além de disciplinas da área administrativa – como Novas Tecnologias, Avaliação Financeira de Projetos, Recursos Humanos, Marketing e outras –, o aluno terá matérias específicas da área de computação, como Redes, Comércio Eletrônico e DataWarehouse. O programa fornece subsídios para o desenvolvimento de projetos com otimização dos recursos humanos e financeiros investidos.
O curso prevê, ainda, um módulo opcional de e-business realizado na Universidade da Califórnia, em Irvine, uma das dez melhores universidades públicas americanas na área. Além de aulas, os alunos têm a oportunidade de visitar empresas como Siebel Systems, Ingram Micro, Unisys que operam projetos de e-business, e verificar in loco suas respectivas estratégias.
Outro diferencial do MBIS são os seminários de Gestão do Conhecimento e CRM (Customer Relationship Management), áreas emergentes que visam incrementar a competitividade das empresas. Além de uma abrangente visão teórica, o curso contempla a sua aplicação prática nas condições peculiares do ambiente em que atuam as empresas brasileiras.
As atividades e aulas do MBIS são coordenadas e ministradas por professores da PUC-SP, e contam ainda com a participação de profissionais de renome de outras instituições. Entre os nomes mais conhecidos estão Demi Getschko (professor da USP, membro do Comitê Gestor Internet Brasil, ex vice-presidente de tecnologia do IG, diretor de tecnologia da Agência Estado), Geraldo Coen (ex-diretor técnico da Microsoft Brasil e consultor da Oracle do Brasil) e Fernando Antônio Castro Giorno (Engenheiro de Sistemas da IBM Brasil) entre outros.
O programa completo pode ser visto no site www.mbis.pucsp.br. Mais informações pelo e-mail mbis@pucsp.br, ou pelo telefone (11) 3256-1622.
 
INVESTIMENTO
As inscrições para as turmas do ano 2002, com início das aulas no dia 22 de março, já estão abertas. O custo total do curso é de R$ 21.295,00 à vista, ou R$ 1.065,00 na matrícula e 10 parcelas de R$ 2.023,00.
As inscrições para o processo de seleção podem ser feitas pela Internet em www.mbis.pucsp.br ou na COGEAE – Coordenadoria Geral de Especialização, Aperfeiçoamento e Extensão, na rua João Ramalho, 182 (Perdizes), fone (11) 3873-3155.
Fonte: Maxpress online  11.02.2002  www.maxpress.com.br