O BRASIL NA CONFIARP

Mauro Lima Wu

Com o objetivo de conhecer os avanços do setor, trocar experiências, discutir, debater, refletir sobre a influência e o papel cada vez maior da comunicação e, em especial, das relações públicas e áreas afins na consolidação da cidadania no mundo globalizado participamos, em Varadero, Cuba, do 24º Congresso Interamericano de Relações Públicas, promovido pela Confiarp – Confederação Interamericana de Relações Publicas, organizado pela vice-presidente da Zona Norte, Rebeca Galán, tendo como tema principal “As relações públicas rumo a uma cultura de convergência e de consenso”. Tema amplo, ambicioso e forte para ser discutido em um país socialista como Cuba e que reflete o cerne da comunicação que é a convergência entre as idéias e o consenso entre a prática e a realidade em seus diversos aspectos.

Sob essa ótica, conferencistas e palestrantes de porte do Ministro da Cultura de Cuba, Abel Prietro; José Daniel Barquero Cabrero e Luis Solano Fleta (Espanha), Mônica Soteras (Argentina), Juan Carlos Molleda (EUA), Mário Piedra (Cuba), Calos Bonilla (México), Santos Aquino (República Dominicana), Idia Martinez (Porto Rico), Gilda Fleury Meirelles (Brasil), Román Pérez Senac (Uruguai), Luis Macías (Bolívia), Go Noroni (Nicarágua) entre outros, abordaram o pleno exercício da cidadania, a responsabilidade social, a legitimação de interesses, os valores culturais, a integração e a identidade nacional. Enfim, os desafios do setor no início deste novo século que se apresenta sob o domínio do conflito e do confronto de idéias, de políticas e de força. O congresso registrou uma grande inovação: discutir a atualidade e suas perspectivas, deixando de lado discussões acadêmicas, com apresentações atuais, diretas, objetivas, contemporâneas, dinâmicas e práticas, mostrando a realidade da comunicação, das relações públicas e áreas afins, a sua evolução e as convergências existentes no mundo globalizado. A realidade superando a semântica.

Paralelamente, reuniu-se o Conselho Diretor da Confiarp, sob a presidência de Ramón Pérez Senac, para estabelecer uma estrutura organizacional mais dinâmica e consentânea com o mundo globalizado, reforma do estatuto, eleição dos novos diretores, transferência da sede para o Brasil, ampliar a atuação do Ciesurp – Centro Interamericano de Relações Públicas e Opinião Pública e conquistar novos países membros. Assim, pelo consenso e unanimidade dos 134 delegados de 16 países presentes – Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Cuba, El Salvador, Equador, Espanha, Guatemala, Nicarágua, México, Porto Rico, República Dominicana, Uruguai e Venezuela – foram eleitos: presidente, Antonio

Carlos  Lago  (Brasil);   vice-presidentes   Rebeca   Galán  (Cuba),  Julio  Corredor  (Venezuela) e Carlos Fuentes (Chile), e secretário-geral Mauro Lima Wu (Brasil) e conselheiros do Ciesurp, Gilda Fleury Meirelles (Brasil) e Abel Héctor Bonaro (Argentina).

A eleição de Antonio Carlos Lago para a Confiarp é o reconhecimento pelo trabalho que desenvolve no diretório nacional da ABRP e sua liderança no setor. Em que pese esse reconhecimento, Lago enfrentará novos desafios internos. É preciso arrumar a casa. Dar maior ação e visibilidade as ABRP’s para que ocupem, de fato, o espaço a que têm direito. A classe está dividida, dispersa, difusa. É preciso superar questões internas e vaidades por meio da convergência e do consenso. É preciso diálogo, pensar grande, enxergar o futuro.

No artigo “Reconhecimento Internacional do RP” (Gazeta Mercantil / Centro – Oeste, DF 09/10/02), Lago define com clareza o seu pensamento e afirma: “Uma realidade que pode ser melhorada se todos valorizarem mais este campo de trabalho, se as entidades de classe se organizarem em ações conjuntas para se buscar unidade e credibilidade junto aos novos dirigentes eleitos....” Eis a visão macro de Lago para a condução das relações públicas e áreas afins a porto seguro. É o discurso e a mensagem da união, da linguagem única, da soma de esforços, da convergência e do consenso.


Mauro Lima Wu
     Outubro 2002 

– jornalista, diretor do IBRADEP e secretário-geral da Confiarp.
  Telefax: (11) 4153-6436.