SÃO PAULO   

Assessoria de Imprensa – Avançado em Finanças

As empresas de capital aberto necessitam prestar contas de seus resultados financeiros ao mercado. Além de responder a uma demanda legal, a divulgação dos resultados por intermédio da imprensa demonstra transparência, atinge os stakeholders com rapidez e é um indicador de boa governança corporativa - fatores importantes, inclusive, na formação dos preços de suas ações. A assessoria de imprensa é um importante intermediador dessa comunicação, que exige domínio das regras desse tipo de divulgação e especialização dos profissionais que têm essa tarefa.


1 – Governança e comunicação
· O impacto da comunicação de eventos financeiros na avaliação das companhias + qualidade total e gestão financeira
· Por que manter profissionais focados em finanças
· Requisitos dos profissionais encarregados da divulgação de resultados financeiros
· O relacionamento da equipe de comunicação com a área Financeira/ Relações com Investidores das companhias
· Analistas versus jornalistas
· Impactos de entrevistas de porta-vozes de outras áreas


2. Estratégias de divulgação
· Os fatores que determinam as condições de divulgação (CVM e SEC)
· Cronogramas de divulgação para imprensa e para investidores (conference call)
· A preparação dos porta-vozes (introdução, Perguntas & Respostas)
· O impacto das agências de notícias


3. Os principais eventos financeiros e estratégias específicas
· Como tratar os fatos corriqueiros: divulgação de balanço, captação de recursos financeiros, emissões, aquisições, recompra de ações.
· Fatos extraordinários: fusões e aquisições, mudança de controle acionário, fechamento de capital, venda de ativos, mudança de executivos (em especial presidente, diretor financeiro)
· Crises Potenciais: aumentos de preço, ações de fornecedores na Justiça, operações de aquisição, disputa entre sócios

 

4. Coleta de dados e redação do press release
· Como adaptar a linguagem contábil e “de mercado” para a linguagem jornalística
· As principais diferenças entre o texto de divulgação para a imprensa e o texto de divulgação para acionistas e investidores.
· As rubricas mais importantes na leitura jornalística de um balanço.


5. Exposição de cases
· Quando o prejuízo é lucro
· O mesmo resultado, notícias diferentes
· A notícia muda ao longo do dia


6. O ponto de vista de um jornalista que cobre a área financeira
Jornalista relata fatores positivos e dificuldades desse relacionamento sob o ponto de vista da cobertura jornalística/Demandas específicas de agências de notícias

Jornalista convidada: Daniela Milanese, editora de Cias. Abertas, da Broadcast/Agência Estado.


7. Perguntas & Respostas
Debate com a jornalista convidada e os expositores

Instrutores

Christina Brentano – Sócia-diretora da Máquina da Notícia, foi editora de economia dos jornais Folha de S. Paulo e O Estado de S.Paulo, além de diretora de redação da Agência Dinheiro Vivo. Formou-se em jornalismo na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, com especialização na área econômica.

Heloiza de Carvalho – Diretora de atendimento da Máquina, foi editora assistente de Finanças da Agência Dinheiro Vivo, trabalhou na editora Símbolo, Folha de S. Paulo e no SBT. Graduou-se em jornalismo e cursou administração de empresas. Tem especialização em economia pela Fipe/USP.

Mauro Teixeira – Coordenador do núcleo financeiro da Máquina da Notícia, trabalhou na Gazeta Mercantil e na Folha de S.Paulo, no qual passou pelas posições de repórter, editor e pauteiro. Detém MBA pela Fipecafi/USP na área de personal finance.


Mais informações: (11) 3662-3990 ou cursos@aberje.com.br

 

Data: 26 de agosto de 2003
Local: Av. Angélica, 1757 - 12º andar
Horário: 9:00 às 18:00 horas
Valor:
Associado: R$ 500,00
Não-associado: R$ 700