Título  USP abre inscrições para cursos de especialização em meio ambiente
 
 Descrição  Aprimoramento cria oportunidade de trabalho para profissionais de várias áreas

São Paulo, 21 de novembro de 2003.

É o caso de Ana Luiza Spínola. Aos 27 anos, já é advogada da Cetesb, Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental de São Paulo. Ela disputou com outros 300 candidatos a única vaga em um concurso público ao cargo. “Foi um milagre.” Ana Luiza encontrou na especialização em direito ambiental o caminho para entrar no mercado de trabalho. A advogada fez o curso assim que terminou a faculdade de direito e não parou mais de estudar. Atualmente faz mestrado em Saúde Pública Ambiental.
Paula Bennati é outro exemplo. Também advogada, trabalha como consultora ambiental. Tem os próprios clientes. Paula ficou 3 anos sem exercer a profissão. Em 99, foi aluna do curso de gestão ambiental. “O curso foi um diferencial importante para mim.” A consultora, 32 anos, acredita que os conhecimentos sobre conservação de áreas verdes, água, qualidade do ar, destinação correta do lixo doméstico e resíduos industriais deram um rumo novo a carreira.
“O curso me deu uma visão mais completa da área ambiental.” Esta é a opinião de Silvana Alvim, 36 anos. Mais uma ex-aluna da Faculdade de Saúde Pública da USP. A bióloga cursou especialização em engenharia de saneamento básico em 2001. Hoje, é responsável pelo controle de qualidade ambiental de uma estação de tratamento de resíduos da Cavo. A empresa é uma das maiores do setor de limpeza urbana e saneamento ambiental de São Paulo.
O secretário de meio ambiente de Guarulhos é sociólogo e especialista em educação ambiental. Valter Medeiros Dantas, 51 anos, foi aluno da terceira turma dos cursos da Faculdade de Saúde Pública, em 1998. Na época, era funcionário da Cetesb e trabalhava para despertar a consciência da população sobre a importância da preservação do meio ambiente. O secretário acredita que o compromisso de não degradar a natureza deve estar presente em todas as decisões da administração pública.
Educação, Direito, Gestão Ambiental e Engenharia de Saneamento Básico são os quatro cursos de especialização oferecidos pela Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo, através do Nisam, Núcleo de Informações em Saúde Ambiental da USP. O núcleo existe há dez anos e para desenvolver todos os conceitos e disciplinas que compõem o estudo dos impactos causados pelo homem na utilização dos recursos naturais é multidisciplinar. Estão envolvidos com esses projetos as Faculdades de Arquitetura e Urbanismo, Direito e Escola Politécnica. A coordenação é dos professores doutores Arlindo Philippi Jr, Pedro Mancuso, Alaôr Caffé, Maria Cecília Pelicioni e Marcelo Roméro.
As inscrições estão abertas até o dia 27 de novembro. A taxa é de 45 reais. São 35 vagas por curso. As aulas começam no dia 2 de fevereiro do ano que vem e terminam no dia 23 de dezembro. A seleção será realizada com base no currículo, histórico escolar e, se necessário, entrevista com o candidato.

Ficha técnica:
Local de inscrição: Faculdade de Saúde Pública – Serviço de alunos
Endereço: Avenida Dr. Arnaldo, 715 – Cerqueira César
Horário de atendimento: das 9:00 às 15:00
Telefone: (11) 3066 7787
Outras informações no site: www.fsp.usp.br/cursos/CUREX.html

ASSESSORIA DE IMPRENSA
Ambiente Global – Comunicação Ambiental
Jornalista responsável: Majô Gondim
Telefones: (11) 3884 1368 / 9634 0441