Título  Boa oratória pode ajudar na carreira
 
 Descrição  Você se comunica bem? Quem usa bem a fala tem mais chances de conseguir um emprego ou um aumento de salário. O estilo de linguagem pode ajudar a alcançar o sucesso profissional ou atravancar o seu caminho, pois um dos componentes básicos do poder é a forma de se comunicar. Do assalariado ao advogado, todos podem se beneficiar do bom uso da oratória. Mas, se é difícil falar para uma só pessoa, falar para uma platéia costuma assustar. Pesquisas já revelaram que, entre os maiores medos da humanidade, está o medo de falar em público, que atinge pessoas de todas as classes sociais, incluindo os desinibidos.

Existem técnicas diferenciadas de comunicação para uma reunião, palestra, workshop, aula ou até entrevista de emprego, diz a consultora de empresas e psicodramatista Regina Araújo, que ministra cursos de Oratória. Segundo ela, aprimorar a oratória é uma necessidade frequente para todos aqueles que devem fazer apresentações, participar de reuniões, trabalhar com vendas, fazer discursos, se tornar executivos, dar aulas ou conduzir eventos, entre tantas outras funções.

“As pessoas pecam muito porque acham que a técnica é a mesma, mas é preciso saber como agir em cada caso”, diz a psicodramatista, que ministra todo mês na Universidade Católica de Santos (Unisantos) e na Golden Paulistânia Eventos e Flat´s (São Paulo) o curso Prática de Oratória.

"Para falar bem é necessário agilizar o raciocínio, trabalhar memorização, aprender a decorar nomes, a usar a entonação correta, a aprimorar a dicção. A expressão corporal tem grande poder: a parte fisiológica é a que mais conta na oratória”.

Muitas vezes, um professor ou um pesquisador domina a teoria, mas não sabe demonstrar seu trabalho por que não conhece as técnicas adequadas para se comunicar. Quantos advogados não perdem uma causa por causa de um discurso mal elaborado? Falar bem inclui ter empatia, bom tom de voz e criar o seu marketing pessoal (desenvolvimento das habilidades para ser bom orador, entre outros requisitos)”.

O curso tem como principal objetivo fundir os perfis de orador e ator, transformando a pessoa em um “orator”, como diz a consultora. Regina ataca entre os alunos os medos e ansiedades que prejudicam a atividade. “Esse medo de falar em público existe porque as pessoas têm dúvidas sobre a própria existência e no fundo não se aceitam como são”.

O problema tem solução. “Há técnicas específicas infalíveis para o domínio da insegurança e da timidez. Depoimentos dos cursos demonstram como as técnicas são eficazes e como trazem mudanças substanciais na vida das pessoas. Elas ajudam não apenas no âmbito profissional, mas também nas relações interpessoais”.

Regina Araújo - Responsável pela central de treinamentos da Golden Paulistânia, tem larga experiência em Recursos Humanos. É graduada em Administração de Empresas. Pós-graduada em Psicodrama e mestranda em Gestão Empresarial, dirige a Novos Rumos Treinamentos e Consultoria. Representou o Brasil em diversos congressos internacionais. Atriz e mágica, consultora comportamental e empresarial, atuou em empresas e instituições como as prefeituras de Cubatão e Santo André, Sabesp, Petrobras, Sadia, Caixa Econômica Federal, Universidade de Vila Velha, Senac e Senai. Ministra cursos de extensão na Universidade Católica de Santos (Unisantos), onde mantém excelente nível de avaliação.

Serviço:

Prática de Oratória (inclui apostilas e certificado, filmagem, estacionamento, coffee-breaks, almoço)

Local: Paulistânia Flat - Alameda Casa Branca, 343, Jardim Paulista, São Paulo, SP

Inscrições e informações: (11) 3371-9100 (ramais 9121 e 9112)

Horário: das 9h às 18

Data: 06 de dezembro
Fonte: Comunique-se  24.11.2003