com Yudith Rosenbaum

O único romance de João Guimaraes Rosa é considerado por muitos a maior obra da literatura brasileira. Como abarcá-lo em um curso, sabendo das infinitas leituras que propicia, das diversas vertentes críticas que buscam compreendê-lo e da impossibilidade de "fisgá-lo" na sua totalidade? Selecionamos, portanto, alguns eixos de sentidos, considerados aqui como condensações de uma pluralidade de outros que deles se desdobram. A proposta não é rastrear a imensa fortuna crítica deste livro, mas proporcionar uma "fruição acompanhada" do sertão de palavras que compõem a obra, em torno de quatro núcleos principais.

ENCONTROS
A forma narrativa: estudo da construção monodialógica do romance. Quem fala, como fala e para quem fala?
3/abr, das 20h às 22h
Iniciação do herói: o encontro dos meninos Riobaldo e Reinaldo
10/abr, das 20h às 22h
Canção de Siruiz: visão mágica na Fazenda São Gregório
17/abr, das 20h às 22h
O Pacto e Diadorim: amor e morte na batalha final
24/abr, das 20h às 22h
INFORMAÇÕES

Duração: 4 encontros
Dias: Terças-feiras, das 20h às 22h
Encontros: 3/4, 10/4, 17/4 e 24/4
Local: Casa do Saber Jardins / Mario Ferraz
Preço: R$ 230 na inscrição + 1 parcela de R$ 230

SOBRE A PROFESSORA
Yudith Rosenbaum
é psicóloga, professora de Literatura Brasileira da USP e autora de “Metamorfoses do mal: uma leitura de Clarice Lispector”, entre outros livros.



com Antonio Medina Rodrigues

“Protágoras” é um dos mais importantes diálogos socráticos de Platão e trata da questão da virtude. O sofista introduz a ideia do ensino como construção do homem; saber ensinar é produzir nele a sabedoria. O que Sócrates denuncia e questiona é se a arte política pode ser ensinada; como um filho não consegue imitar o pai na virtude, mas pode imitá-lo no talento prático? Para Sócrates, o ensino da virtude não é possível. Protágoras, por sua vez, pensa o contrário. Para defender seu ponto de vista, ele conta o mito filosófico de Prometeu e Epitemeu, uma alegoria para o ensejo do saber humano. O encontro apresenta a filosofia do mito de Prometeu, condenado por dar à humanidade o fogo, e relaciona a mitologia ao pensamento socrático.

INFORMAÇÕES

Duração: 1 encontro
Dia: Quinta-feira, 29 de março, das 12h30 às 14h30
Local: Casa do Saber Jardins / Mario Ferraz
Preço: R$ 115 na inscrição

SOBRE O PROFESSOR
Antonio Medina Rodrigues
é professor titular de Língua e Literatura Grega da USP, tradutor, ensaísta e crítico literário.