O encontro apresenta o resultado das últimas eleições para o Parlamento Europeu. As urnas trazem um recado das extremidades, seja à Direita, com destaque para a Frente Nacional, na França, e a ascensão de partidos neonazistas, na Grécia, ou à Esquerda, com o Syriza, também da Grécia. Num momento em que se aprofundam as tensões entre os que são a favor da União Europeia (os eurocêntricos) e os radicalmente contra (os eurocéticos), o encontro apresenta uma visão de dentro do Parlamento, abordando as grandes questões que estão na base do conceito de uma Europa comum. Com a crise de 2008, que continua, e o domínio da “Troika” (Comissão Europeia, Banco Central e Comissão Europeia) sobre os governos dos países-membro, para onde vai a União Europeia?

1 encontro | quinta-feira, 29 de maio, das 20h às 22h

Quando: 29/3
Quanto: R$ 145 na inscrição


José Luiz Del Roio
Ex-senador da República Italiana, foi membro da Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa em Estrasburgo e membro do Parlamento da União Europeia Ocidental em Paris.


O jazz foi o ritmo que definiu a música nos Estados Unidos no século passado, influenciando uma série de outros ritmos e estilos musicais. O curso desvenda as origens da criação desse gênero, fruto direto da confluência de culturas que conviviam na Nova Orleans na virada do século 20. Com uma dinâmica leve e descontraída, o curso propõe a apreciação de músicas da época, pontuadas com boas conversas e demonstrações ao vivo. Em todos os encontros haverá apreciação de músicas da época e performance ao vivo.

4 encontros | terça, quarta, quinta e sexta-feira, das 17h às 19h

3/6

1. Contexto histórico e social de Nova Orleans
Ragtime, Dixieland, Blues e a música do Caribe no final do século 19

4/6

2. Uma nova forma de arte
Surge a criação individual e a improvisação ao vivo. O aparecimento de figuras-chave como King Oliver, Jelly Roll Morton e Sidney Bechet, entre outros

5/6

3. O primeiro êxodo. A segregação racial força os artistas a saírem de Nova Orleans
O gênero se espalha para outros polos urbanos, principalmente Chicago e Nova York. O ritmo ganha popularidade nacional, embora seja mal recebido pela elite do país. Músicos como Duke Ellington e Louis Armstrong

6/6

4. Novas Ramificações, cool jazz, be bop e outros
Surgimento do swing de Benny Goodman, o be bop de Dizzy Gillespie e a genialidade de Miles Davis. Panorama das linhagens que surgem a partir dos anos 1940

Quando: 3/4 a 6/6
Quanto: R$ 580 na inscrição


João Erbetta
Compositor e guitarrista radicado nos Estados Unidos, mergulhou no Jazz desde 2006 em Washington D.C., terra de Duke Ellington, onde chegou a tocar na Casa Branca para Michelle Obama (em 2009). Com cinco discos lançados, seus parceiros musicais nos EUA incluem Adam Levy (Norah Jones), Mauro Refosco (Red Hot Chili Peppers), Pete Curry (Los StraightJackets), além do cantor e compositor Marcelo Jeneci no Brasil.