MESTRADO É EXIGÊNCIA CRESCENTE

Apesar da demanda em alta, entrar na carreira de professor universitário não é tão simples assim. Para lecionar em uma faculdade, possuir título de mestrado é quase uma exigência  básica.  “A LDB (Lei de Diretrizes e Bases da Educação), de 1996, fixou o mínimo de um terço de mestres e doutores no quadro de professores das universidades”, afirma o professor Maurício Chermann, 73, presidente da Anup (Associação Nacional das Universidades Particulares) e reitor da Universidade Braz Cubas (SP). A classificação gerada pelo “provão” reforça ainda mais a procura das instituições privadas por profissionais qualificados. Alguns especialistas, no entanto, acreditam que, com o advento da Internet, a profissão de docente está ganhando novas nuances. Outros acreditam que a Web será apenas um novo ferramental. ”Nos cursos on line, haverá o professor que é autor de conteúdo e o que é um tutor, para ministrar o que foi gerado e acompanhar o aprendizado do aluno”, diz Waldomiro Loyola, 45, introdutor da educação pela Web na Fisp (Faculdades Integradas São Paulo) .

Fonte: Folha de Sao Paulo - Classificados Empregos  - página 3  -  25/2/2001