ATLAS DA ENERGIA ELÉTRICA DO BRASIL

LANÇAMENTO DA TIM BRASIL S.A. COM TECNOLOGIA GSM NO MERCADO BRASILEIRO

 

Empresa

TIM Brasil S.A.

Profissional Responsável

Roberto Constante Filho

Assessoria Externa

Edelmam do Brasil Ltda.

Ano da Premiação

2002



CENÁRIO

 

Apostando no mercado brasileiro, a Telecom Itália Móbile (TIM)  chegou ao Brasil 1998 com a tecnologia TDMA.

Em 2001, a TIM comprou da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) novas licenças nas bandas D e E, abrindo caminho para iniciar sua operação no padrão GSM em São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Distrito Federal, Goiás, Espírito Santo e em mais 10 Estados das Regiões Centro-Oeste e Norte.

Devido a problemas burocráticos e judiciais, a empresa permaneceu durante dez,meses inoperante, apenas negociando Juno a Anatel a autorização para o lançamento de suas operações. Com isso, o trabalho de assessoria de imprensa ganhou um importante papel e passou a ser fundamental para que a empresa mantivesse sua identidade corporativa intacta e ao mesmo, transmitisse uma imagem institucional forte e bem amparada.

 

Essa fase acabou-se tornando um período desgastante para a empresa e, conseqüentemente, também para o relacionamento TIM x imprensa.

 

A autorização para iniciar a operação comercial foi anunciada, finalmente, em setembro. Para oficializar o inicio das operações, pensamos em uma grande “coletiva” de lançamento. A estratégia deu certo: mais de 80 jornalistas presentes e um resultado de mídia muito grande e intenso, somente com matérias positivas.

 

OBJETIVO:

Presente no pais desde l998 utilizando a tecnologia TDMA, tivemos como objetivo central realizar o lançamento TIM Brasil S. A. com tecnologia GSM no mercado brasileiro.

 

ESTRATÉGIA:

 

A equipe da Edelman, assessoria de comunicações da TIM Brasil S. A. definiu organizar duas coletivas de imprensa(nos dias 16 e 17 de outubro) para apresentar oficialmente a nova estrutura d empresa, bem como introduzir os conceitos da tecnologia GSM para a imprensa.

No dia 16, o encontro seria para apresentar aparte institucional da TIM Brasil, com seus planos para o mercado brasileiro e a introdução de sua tecnologia inovadora. No dia seguinte, na Loja Tim da Bandeira Paulista, um encontro com jornalistas do Estado de São Paulo para apresentação das estratégias específicas para o mercado paulista.

 

para o mercado brasileiro e a introdução de sua tecnologia inovadora. Os presidentes da TIM Brasil, TIM América Latina e mundial da TIM foram definidos como porta-vozes.

No dia seguinte, na Loja TIM da Bandeira Paulista, um encontro dos diretores geral e comercial da TIM São Paulo com jornalistas do Estado de São Paulo para apresentação das estratégias específicas para o mercado paulista.

 

EXECUÇÃO

 

A Edelman utilizou sua estrutura de atendimento de imprensa nas principais praças brasileiras, onde a TIM está presente, para otimizar o contato com os jornalistas locais e facilitar a presença deles na coletiva. Cada operadora (TIM Norte, TIM Nordeste, TIM Maxitel e TIM Sul) selecionou jornalistas-chave de sua região e os trouxe para São Paulo. Chegou-se a um total de 29 jornalistas confirmados das regiões Norte, Nordeste, Centro-Oeste e Sul do país.

 

Sem esquecer da responsabilidade dos porta-vozes em enfrentar a multidão de jornalistas, ansiosos por notícias e esclarecimentos, afinal ficara dez meses sem uma posição oficial da empresa, a Edelman preparou um intenso programa de treinamento de porta-voz.

 

Para facilitar o envio do material colhido pelos jornalistas às respectivas redações, foi criada uma sala de imprensa com 40 terminais de última geração conectados à internet dentro das dependências do anfiteatro da TIM São Paulo, além de três telefones móveis GSM para uso ilimitado dos jornalistas e demais convidados.

 

Entre outras ações, organizamos e acompanhamos a estada de 12 jornalistas italianos, que vieram ao país para a coletiva de imprensa.

 

FORMA DE AVALIAÇÃO:

 

A Edelman adotou dois momentos de avaliação para o resultado de percepção dos jornalistas para com a TIM Brasil S.A. Duas semanas antes do evento, sem que os jornalistas soubessem da coletiva de imprensa, realizamos um media-audit com os principais integrantes da imprensa (que viriam a ser convidados posteriormente). Dois dias após o evento, repetimos a pesquisa com os mesmos, presentes na coletiva.

O resultado foi extremamente interessante e animador.   

 

Isso mostra que o trabalho realizado pela assessoria de imprensas da TIM Brasil conseguiu reverter uma tendência negativa que a imprensa, de um maneira geral, tinha da TIM e hoje, todos mantém excelentes relações com a empresa, que acabou se tornando fonte para todo e qualquer assunto relacionado a telefonia celular e telecomunicações.

 

 De uma maneira geral, os jornalistas, antes do evento, não sabiam ao certo qual era o grande objetivo da TIM no mercado brasileiro e as atrações de sua tecnologia. Muitos questionavam a legalidade da empresa e suas operações.

Os mesmos profissionais, semanas depois, revelaram estar muito contentes e ansiosos pelo começo das operações comerciais da TIM, procurando a assessoria de imprensa para solicitar entrevistas com os principais executivos, aproximar o veículo para o qual trabalha com a TIM, e até pedir um chip de cortesia.

Isso mostra que o trabalho realizado pela assessoria de imprensa da TIM Brasil conseguiu reverter uma tendência negativa que a imprensa, de uma maneira geral, tinha da TIM e hoje, todos mantém excelentes relações com a empresa, que acabou se tornando fonte para todo e qualquer assunto relacionado a telefonia celular e telecomunicações.

 

RESULTADOS ALCANÇADOS:

 

Como resultado de imprensa da coletiva de imprensa institucional da TIM Brasil S.A., dezenas de matérias jornalísticas foram publicadas nos principais veículos de comunicação do Brasil. Conseguimos mais de 15 exposições editoriais em capas de jornais e revistas.  Obtivemos 100% de exposição espontânea positiva da marca TIM nos veículos de comunicação.

Fonte: Publicação distribuída pelo CONRERP/2a Região, no dia da Premiação na Assembléia Legislativa do Estado de S. Paulo. Dia Nacional das Relações Públicas, 2 de dezembro de 2002.