Profissional Autônomo ou Empresário, a dúvida

Umas das grandes preocupações que o Profissional de Relações  Públicas tem – exceto os assalariados  -  é com relação ao procedimento legal de atuação profissional , ou seja, vale a pena ser autônomo ou abrir uma microempresa. A questão em si é bem complexa,  visto que para ser um profissional liberal, algumas prerrogativas legais devem ser cumpridas: ter registro no CONRERP do seu Estado;  se inscrever na prefeitura local para recolher ISS; ter carnê do INSS;  talão de Nota Fiscal, etc. Quanto ao local de trabalho, tanto pode ser residencial ou comercial.

Já quanto à microempresa, está deve estar cadastrada na Junta Comercial da sua cidade e também obedecer as normas estaduais e municipais.

É conveniente que o Profissional de RP, consulte um  contador ou um advogado para não ter problemas de natureza legal, ou ainda consultar o SEBRAE(www.sebrae.com.br) de sua localidade,   para obter mais informações detalhes da viabilidade técnica, operacional da burocracia oficial concernente ao problema, para sanar possíveis dúvidas dos benefícios tanto de autônomo, como de empresário. www.senac.com.br

Contribuição de José Trindade Cellis - Relaçoes Públicas e Jornalista sp 10/06/02