JUSTIÇA ENTENDE COMO LEGAL

A CONTRIBUIÇÃO CONFEDERATIVA

 

A certeza de que a Contribuição Confederativa é algo extremamente legitimo e, ao contrário do que dizem alguns, é fundamental para as categorias representadas, pôde ser observada em diversas decisões da justiça no último ano. Em uma delas, dado pelo Tribunal Regional do Trabalho da 13a. região, o juiz encerra da seguinte forma: “O Sindicato, para manter suas estrutura, depende da contribuição advinda dos integrantes da categoria, não sendo aceitável que alguns contribuam e outros deixem de contribuir, pois o sindicato assiste a todos os integrantes, sem distinção:

Um engano que sempre nos é apresentado como argumento, é a velha questão: Por que associados e não associados são descontados da mesma maneira, uma vez que o Sindicalizado já contribui todo mês? A questão é que o Associado tem direito a uma série de benefícios que os não associados não têm. Exemplos não faltam: Assistência Jurídica, Colônia de Férias, Convênios Médicos e outros tantos. E a mensalidade sindical, diz respeito à manutenção dessa estrutura. Quando o Sindicato vai para uma negociação, ele representa a todos, sindicalizados ou não. Caso não houvesse sindicato e por conseqüência o Acordo Coletivo de Trabalho, todos os trabalhadores teriam como proteção apenas o que diz a Consolidação das Leis Trabalhistas, sem uma série de benefícios conquistados em anos de luta.

Claro que o ideal seria que todos contribuíssem de forma espontânea. Mas, como isso infelizmente não acontece, inclusive por ser a adesão uma escolha democrática, os Sindicatos têm de manter suas estruturas. E caso você não concorde com algum posicionamento, participe. Vá às assembléias e por que não, torne-se um associado. Você só tem a ganhar.

 

Fonte: Jornal O Sorocaban - Uma publicação do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias da Zona Sorocabana - 3826-5299 - sorocabana.press@uol.com.br - no. 86 - pg. 4 - Fevereiro/2003.